Estresse Pós Traumático

Estresse Pós Traumático – O que é, Nível de Sofrimento, Causas, Perguntas importantes para Diagnóstico, Como é feito Diagnóstico e Tratamento.

O que é Transtorno de Estresse Pós Traumático?

O Transtorno de Estresse Pós Traumático (TEPT) é um Transtorno de Ansiedade que se caracteriza pelo surgimento de sintomas físicos e psicológicos após um evento traumático que o paciente tenha vivenciado.

Pode ser considerado um evento traumático qualquer situação que gere a sensação de ameaça à vida, à integridade de si mesmo ou de pessoas próximas.

Contudo estudos sugerem que mesmo acontecimentos negativos do cotidiano como perder o emprego ou o divórcio podem desencadear Estresse Pós Traumático de acordo com a forma que a pessoa interpreta ou quanto a situação lhe afeta. Ao se lembrar da experiência traumática o paciente sente as mesmas emoções negativas que vivenciou, desencadeando os sintomas.

Nível de Sofrimento Transtorno de Estresse Pós Traumático.

O nível de sofrimento é muito alto, pois além de ter vivenciado a experiência negativa, a pessoa passa a sentir novamente toda esta emoção quando pensa sobre o assunto, ou alguma situação externa a faz se lembrar.

Como existe um comprometimento emocional, tais memórias são reativadas frequentemente, gerando uma ansiedade e prejuízo para a vida como um todo. Para alguns pacientes passam a existir limitações das atividades diárias, ou seja, deixar de fazer coisas em função do medo de ser exposto à situação novamente.

Sintomas Transtorno de Estresse Pós Traumático

Não é necessário apresentar todos os sintomas abaixo para ser portador de TEPT, cada paciente manifesta de uma forma, e com alterações específicas em seu funcionamento. Porém alguns destes sintomas devem estar presentes.

  • Reviver o acontecimento traumático (Seja em forma de Pensamentos, Pesadelos ou Flashbacks)
  • Memórias dolorosas do evento são ativadas ao menor estímulo
  • Evitar qualquer lembrança ou situação que remeta ao acontecimento traumático
  • Sentir-se constantemente Ansioso, Irritado ou Tenso
  • Sono Perturbado
  • Problemas de Concentração
  • Perda do prazer nas atividades
  • Alterações Negativas no Humor
  • Dificuldade de Vivenciar Emoções Positivas
  • Alterações na Forma de Reagir aos Eventos

Para ser caracterizado como Estresse Pós Traumático é preciso que a pessoa apresente os sintomas por pelo menos 1 mês, mas isso será levado em consideração no diagnóstico feito pelo especialista.

 

Causas do TEPT

O TEPT sempre é desencadeado por alguma situação traumática que a pessoa tenha vivenciado.

O conceito do que pode ou não ser traumático é muito relativo. Para algumas pessoas um assalto é encarado de forma muito prática e racional, para outras, isso pode ser extremamente agressivo, implicando muitas consequências.

Ao mesmo tempo em que para alguns passar por um processo de adoecimento pode lançar um olhar mais positivo para sua própria vida, para outros pode ser um trauma severo.

O fato é que todo o contexto deve ser levado em consideração para a compreensão do Transtorno de Estresse Pós Traumático. Portanto, o TEPT não se manifesta somente diante do imaginário coletivo do que é traumático, mas sim da realidade experienciada individualmente.

 

Como é feito o Diagnóstico

O diagnóstico deve observar o surgimento dos sintomas apresentados após o evento traumático. Será avaliado também o impacto que tem gerado na vida do paciente, bem como intensidade e duração destes sintomas.

Como o estresse aumentado pode gerar alterações hormonais no organismo, podem ser solicitados alguns exames que avaliem este cenário, embora o diagnóstico seja totalmente clínico.

Em geral, Psicólogo e Psiquiatra com expertise podem fazer o diagnóstico e a partir dai serão passadas as orientações para o Estresse Pós Traumático Tratamento.

transtorno-de-estresse-pos-traumatico

Perguntas importantes para o Diagnóstico:

  • História de Traumas ao Longo da Vida
  • Houve exposição direta ao Trauma? Se sim, como reagiu emocionalmente?
  • Soube ou presenciou uma situação grave com alguma pessoa próxima de você?
  • Sentiu medo de Morrer ou de perder alguém importante para você em decorrência do evento?
  • O evento afeta sua vida hoje? Como?
  • Desde que viveu esta situação traumática você tem lembranças, sensações físicas ou sentimentos que não desejava sobre isso?
  • Você tem sonhos relacionados ao tema?
  • Você tem Flashbacks da situação?
  • Tem fortes reações físicas ou emocionais quando algo te remete ao evento?
  • Você evita fazer algumas coisas em decorrência do que viveu?

Tratamento Transtorno de Estresse Pós Traumático

O Tratamento Estresse Pós Traumático envolve Terapia e prescrição de medicamentos, se for necessário. Assim, é realizado por Psicólogo e Psiquiatra que devem interagir a fim de minimizar os sintomas e consequentemente levar à melhora do quadro do paciente.

Os medicamentos tem a função de diminuir os sintomas de forma mais rápida, porém, é necessário que seja feito o acompanhamento psicológico. Somente a Terapia auxiliará na elaboração efetiva das vivências traumáticas, de forma que no longo prazo o problema seja superado, levando ao êxito do Tratamento.

Psicólogo Transtorno de Estresse Pós Traumático

A terapia mais indicada para o TEPT é a Terapia Cognitiva Comportamental, isto porque inúmeras pesquisas científicas apontam para protocolos de sucesso em casos tratados através desta abordagem.

O tratamento para Transtorno do Estresse Pós Traumático proporcionará diminuição dos sintomas e ao longo do processo o paciente terá como resultados:

  1. Diminuição da Ansiedade
  2. Elaboração da Vivência Traumática
  3. Diminuição de Pesadelos
  4. Retomar as Atividades evitadas pelo Transtorno
  5. Diminuição de Reações Emocionais à lembrança do Evento
  6. Sensação de Relaxamento
  7. Sensação de maior Controle sobre Si Mesmo e Seus Pensamentos
  8. Aprender Técnicas de Auto Controle
  9. Gerenciamento de Estresse
  10. Gerenciamento de Emoções como Medo, Culpa e Insegurança
  11. Técnicas de Auto Monitoramento

 

Conheça a Psicóloga Fabíola Luciano

Psicóloga Fabíola Luciano – CRP 104468
Especialista pela Universidade de São Paulo – USP

 

Atualizado em 21/04/2020.

Entre em contato!