Ansiedade E Compulsão Alimentar

Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik

A ansiedade e compulsão alimentar se manifestam de formas distintas. Entretanto, há casos em que ambas estão presentes. O que fazer quando isso acontece?

Sobretudo, identificar o problema e buscar tratamento com profissional especializado, pois estes sintomas não diminuem sem acompanhamento.

E se você quer entender sobre a Ansiedade e Compulsão Alimentar, aqui falaremos tudo a respeito. Confira!

  • Como A Ansiedade Pode Desencadear A Compulsão Alimentar?
  • Como Perceber Se Estou Comendo Por Ansiedade Ou Por Compulsão Alimentar?
  • Posso Ter Um Episódio De Compulsão Alimentar Sem Estar Ansiosa?
  • Quais São As Principais Estratégias De Enfrentamento Da Ansiedade Que Podem Ajudar A Prevenir A Compulsão Alimentar?
  • E muito mais sobre Ansiedade e Compulsão Alimentar

Quais São Os Sinais E Sintomas Típicos De Ansiedade?

Geralmente, há presença de 3 ou mais sintomas típicos de ansiedade, os quais são:

  • Irritabilidade;
  • Inquietação ao ponto de se sentir “no limite ou esgotada”;
  • Sono interrompido durante a noite, não conseguir dormir e nem ter um sono de qualidade (isso deverá acontecer com frequência e por algum tempo);
  • Respiração mais rápida que o normal;
  • Sudorese ou ondas de calor;
  • Aperto no peito;
  • Medo excessivo e irreal;
  • Preocupação obsessiva por algo ou por alguém;
  • Sente-se agitado e nervoso na maioria das vezes;
  • Entre outros.

Quais São Os Sinais E Sintomas Da Compulsão Alimentar?

Para identificar a Compulsão Alimentar será necessário apresentar estes sintomas com frequência por um período de tempo. Então, confira a seguir:

Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
  • Sensação de Descontrole durante o episódio
  • Comer rápido sem sentir o sabor de cada alimento;
  • Comer grandes quantidades de comida sem sentir fome física;
  • Ter episódios frequentes de comer mais do que pode ser considerado uma quantidade normal de comida;
  • Comer mais rápido do que o normal;
  • Comer Escondido;
  • Sentimento de Culpa e Vergonha;
  • Sentimentos de baixa autoestima.

Conheça detalhadamente todos os Sintomas da Compulsão Alimentar

Como A Ansiedade Pode Desencadear A Compulsão Alimentar?

A ansiedade, por gerar uma profunda sensação de angústia, preocupação demasiada e medo recorrente, pode desencadear compulsão alimentar devido a encontrar na comida um “alívio” e conforto para tal momento.

Dessa forma, a pessoa ansiosa passa a vivenciar um ciclo vicioso, pois muitas vezes quando sentir ansiedade, buscará comida como compensação emocional. E essa ânsia em comer já não será por fome física, e sim para ajudar a “acalmar” a ansiedade.

Com isso, ela se frustra e sofre mais, pois agora além de lidar com a ansiedade passa a sofrer com a culpa pelo descontrole alimentar, o que tende a piorar o quadro.

Assim, a pessoa ansiosa utiliza a alimentação como distração temporária ou tentativa de regular o sentimento de ansiedade. E precisará tratar a ansiedade e compulsão alimentar.

Como Perceber Se Estou Comendo Por Ansiedade Ou Por Compulsão Alimentar?

Quando nos sentimos ansiosos buscamos algo que possa aliviar essa tensão, preocupação. Geralmente, quando essa busca está relacionada à comida, o paciente terá preferência por alimentos que tragam conforto emocional.

Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik

Nesse sentido, essas comidas geram um efeito calmante temporário. Então, cada vez que a ansiedade vem, o paciente inicia a busca por esses tipos de alimentos.

Sinais de que comemos por Ansiedade:

  • Sentir uma vontade incessante de comer quando acontece algo que te deixa preocupado e estressado emocionalmente;
  • Escolher alimentos específicos que geram conforto emocional;
  • Comer mesmo sem ter fome.

O que pode levar uma pessoa a ter compulsão alimentar?

Já a compulsão alimentar, experimentamos grandes quantidades de comidas em um curto período de tempo, de forma frequente.

Além disso, outro aspecto que a envolve é comer excessivamente mesmo quando não está com fome e quando já está satisfeito.

Sinais de que comemos por Compulsão Alimentar:

  • Sem controle para parar de comer, mesmo que nos sintamos saciados;
  • Comemos demasiadamente e rapidamente;
  • Após o episódio compulsivo, sentimo-nos com culpa, vergonha.

Posso Ter Um Episódio De Compulsão Alimentar Sem Estar Ansiosa?

Sim.

A compulsão alimentar é um transtorno alimentar. É verdade que ansiedade e compulsão alimentar podem estar relacionadas.

Muitas vezes, a ansiedade é um gatilho para a compulsão. Porém, também podem haver diversos outros gatilhos, além dela.

Então, é importante ressaltar que qualquer emoção forte pode provocar um episódio de Compulsão Alimentar. Desta forma, Tristeza, Raiva, Medo, Culpa, Tédio, Frustração, todas essas emoções podem levar a compulsão, se o paciente não souber lidar com elas.

Também é natural estar mais propenso a Compulsão Alimentar quando o paciente está mais vulnerável. Tanto emocionalmente, quanto através de Privação de Sono, Alimentação, Enfermidades, por exemplo. E, assim, ter um episódio de compulsão alimentar.

Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik

Quais São As Principais Estratégias De Enfrentamento Da Ansiedade Que Podem Ajudar A Prevenir A Compulsão Alimentar?

Aqui estão algumas estratégias que você pode fazer para enfrentar a ansiedade e prevenir a compulsão alimentar:

  • Tenha consciência de que suas emoções podem afetar o que come;
  • Aprenda a identificar e controlar suas Emoções;
  • Trabalhe em estar no Momento Presente;
  • Reconheça os Gatilhos que te levam à Compulsão Alimentar.

Quais São Os Tratamentos Disponíveis Para Pessoas Que Sofrem De Ansiedade E Compulsão Alimentar?

Com tratamento e apoio adequados há uma recuperação progressiva e permanente para os casos de ansiedade e compulsão alimentar. Entre os mais recomendados pela literatura se destacam:

  • Terapia Cognitivo-Comportamental – TCC – ajuda a reconhecer os padrões de pensamentos e comportamentos prejudiciais. Também gerencia problemas internos com técnicas para uma forma mais equilibrada de enfrentamento.
  • Terapia Comportamental Dialética – TCD – terapia orientada a ajudar o paciente a aprender a regular suas emoções, modificando a relação com a ansiedade e compulsão alimentar.

Qual É O Papel Da Terapia Cognitivo Comportamental No Tratamento Da Compulsão Alimentar?

A Terapia Cognitivo-Comportamental – TCC possui o papel de ajudar a identificar os gatilhos que levam a episódios compulsivos.

Também desenvolve estratégias e técnicas para gerenciar esses gatilhos. Ajuda o paciente a encontrar outras estratégias para lidar com as emoções, de forma que não precise recorrer a comida para isso. Em suma, o foco é redução dos sintomas.

Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik
Ansiedade E Compulsão Alimentar Foto: Freepik

Quais São Algumas Dicas Práticas Para Controlar Os Impulsos Alimentares Durante Episódios De Ansiedade?

Algumas dicas práticas que podem ajudá-lo incluem:

  • Evite Restrições Alimentares;
  • Esteja atento ao seu comportamento alimentar;
  • Aprenda a identificar os seus Gatilhos e crie um plano de ação para quando eles surgirem;
  • Entenda sobre sua Fome Emocional;
  • Aprenda a Reconhecer e Manejar suas Emoções;
  • Mantenha um registro sobre a relação entre sua Alimentação e suas Emoções.

Como É Importante Manter Um Registro Alimentar E Emocional Para Ajudar No Tratamento?

O registro alimentar e emocional é importante no tratamento da ansiedade e compulsão alimentar pelos seguintes motivos:

  • Permite entender melhor como você se sente e como se comporta;
  • É possível descobrir quais situações ou circunstâncias levam a emoções difíceis e como reage a elas;
  • É um passo importante para compreender quais habilidades você precisa desenvolver para melhorar sua relação com a comida.

Tratamento Ansiedade E Compulsão Alimentar

O Tratamento para Ansiedade e Compulsão Alimentar pode ser realizado em conjunto. Inclusive, o Psicólogo especialista em ansiedade e compulsão alimentar construirá um plano terapêutico que vise a redução dos sintomas de ambos.

Conheça alguns dos Benefícios do Tratamento:

  1. Aprender a reconhecer a diferença entre ansiedade e compulsão alimentar;
  2. Reconhecer seus próprios Gatilhos;
  3. Aprender a Identificar as Emoções;
  4. Estratégias de Gerenciamento da Ansiedade;
  5. Compreensão do Ciclo da Compulsão Alimentar;
  6. Aprender Estratégias para Gerenciar o Comer Emocional;
  7. Desenvolvimento de Habilidades Emocionais para lidar com a ansiedade e compulsão alimentar;
  8. Alterar Comportamentos Alimentares Inadequados;
  9. Encontrar formas mais eficazes para se sentir bem sem precisar de comida para isto.

Como você pode perceber, o tratamento é extremamente importante e te ajudará a construir um novo caminho.

Portanto, se você está sofrendo com o descontrole causado pela ansiedade e compulsão alimentar, procure ajuda profissional especializada.

E, assim, passe a se sentir mais equilibrado em suas emoções e em sua alimentação.

Passo a Passo do Tratamento para a Compulsão Alimentar

Conheça a Psicóloga Fabíola Luciano

Facebook Psicóloga Fabíola Luciano

Psicóloga Fabíola Luciano – CRP 104468

Especialista pela Universidade de São Paulo – USP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Violência Doméstica: O que é, Quais as Características, Estatísticas, Tipos de Agressão, Ciclo da Violência Doméstica, As Consequências de Conviver

Nenhum de nós foi preparado para lidar com a perda. Mas porque isto é ainda mais difícil para algumas pessoas?

São Paulo, 04 de julho de 2022, por Psicóloga Fabíola Luciano – A Depressão Infantil existe e hoje você saberá