TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento

TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik
TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik

O TOC na Adolescência desencadeia um ciclo estressante, de profundo sofrimento e necessita de diagnóstico para um tratamento certeiro. Embora o transtorno possa afetar a vida do adolescente e sua família, o tratamento é eficaz quando realizado por um profissional especialista em TOC.

Portanto, saiba neste artigo:

– O que é o TOC na Adolescência?

– Quais são os sinais e sintomas mais comuns do TOC na Adolescência?

– Quais fatores podem causar TOC na Adolescência?

– Como os responsáveis podem identificar se um adolescente está sofrendo de TOC?

– Qual é o tratamento para TOC na Adolescência?

– E muito mais!

O que é o TOC na Adolescência?

É um Transtorno de Ansiedade em que o adolescente apresenta um conjunto específico de sintomas angustiantes, tanto em seus pensamentos como comportamentos.

Então, o TOC na Adolescência abrange:

  • Pensamentos repetitivos que o jovem não consegue controlar, são as chamadas Obsessões;
  • Comportamentos ou rituais que realiza na tentativa de diminuir a ansiedade causada pelos pensamentos intrusivos, essas são as Compulsões.

Nesse sentido, Obsessões e Compulsões se alimentam de maneira cíclica e constante. A Obsessão surge nos pensamentos, ativa o medo e a ansiedade e logo o paciente sente necessidade de começar a fazer os comportamentos compulsivos.

Como saber se você tem TOC?

Muitas vezes, os sintomas se iniciam na infância, se desenvolvem na adolescência e persistem até a fase adulta.

Todavia, se tratado corretamente na infância ou na Adolescência, é possível conter o curso de desenvolvimento do transtorno na fase adulta.

Portanto, quanto mais cedo identificado e tratado, melhor!

Quais são os sinais e sintomas mais comuns do TOC na Adolescência?

Entre os diversos sinais e sintomas provenientes do TOC na Adolescência, eis abaixo os mais comuns:

Obsessões

  • Pensamentos que invadem a cabeça mesmo que a pessoa não queira;
  • Esses pensamentos geram uma ansiedade extrema;
  • Não há qualquer tipo de controle ou previsibilidade sobre quando ou onde os pensamentos vão surgir;
  • Pensamentos podem ser irracionais, mas geram muito medo, ainda assim;
  • Os temas das obsessões podem variar, ou ter alguns temas mais frequentes como: contaminação, organização, morte, sexualidade, violência, religiosidade, medo de falhas.

Conheça os Principais Tipos de TOC

Compulsões

  • Qualquer tipo de comportamento que seja realizado especificamente com a função de trazer alívio para o medo que surge depois dos pensamentos obsessivos;
  • Paciente tem a sensação de necessidade ou obrigação de realizar tais comportamentos como forma de evitar que algo pior aconteça;
  • Crença de que as superstições podem impedir que coisas ruins aconteçam;
  • As compulsões podem ser comportamentos observáveis, como ordenar as coisas de um modo específico, refazer tarefas até ficarem perfeitas, rituais de checagem ou verificação, lavagem de mãos ou qualquer comportamento relacionado ao tema de sua obsessão;
  • Mas também podem ser mentais como: Rezar, contar mentalmente, repetir frases em ordem correta, readequar os fatos em sua cabeça de forma específica, etc;

O que conecta a Obsessão e a Compulsão é a Ansiedade. Como o jovem experimenta uma ansiedade forte e não sabe lidar com ela, inicia o comportamento compulsivo.

Assim, o ciclo do TOC na Adolescência se estabelece, pois a cada vez que vem a Obsessão, se ativa a ansiedade levando à compulsão.

Por isso o tratamento com o Psicólogo Especialista em TOC na Adolescência é tão importante. O tratamento ajudará o jovem a compreender o problema e capacitá-lo com novas habilidades para gerenciar a Ansiedade.

TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik
TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik

Como o TOC na Adolescência difere de outros comportamentos típicos da idade?

O TOC na Adolescência possui 4 características específicas que se diferenciam de outros comportamentos habituais dessa fase. Assim, entenda quais são:

  1. Recorrência e Intensidade – Tanto as obsessões como as compulsões não ocorrem esporadicamente, mas sim de maneira frequente. Além disso, a intensidade excede comportamentos considerados comuns para a idade;
  2. Desconforto – Os adolescentes experimentam um grande desconforto associado aos sintomas do TOC. Por vezes aumentando a ansiedade e senso de urgência;
  3. Dificuldade de Controlar – Ainda que haja desejo de controlar, é praticamente impossível conseguir romper este ciclo sozinho. Os sintomas acabam prendendo o adolescente e demandando bastante tempo de seu dia;
  4. Impacto na Vida e Rotina – Há um prejuízo global decorrente do TOC, pois o adolescente sente muita dificuldade de levar a vida normalmente. Assim, o prejudica na escola, em seus relacionamentos, na família, entre outras.

Quais fatores podem causar TOC na Adolescência?

Não existe um fator único ou determinante para o desenvolvimento do TOC na Adolescência, mas sim uma combinação deles. Logo, são estes:

  • Estresse ou eventos traumáticos;
  • Desequilíbrio químico;
  • Questões genéticas;
  • Fatores ambientais.

Como os Responsáveis Podem Identificar se um Adolescente está Sofrendo de TOC?

Embora os sintomas do TOC sejam muito mais perceptíveis para o próprio paciente é possível se atentar para algumas mudanças no comportamento:

  • Evitação a lugares, situações e pessoas que possam gerar desconforto;
  • Atrasos ou Demora excessiva em concluir atividades diárias;
  • Repetição constante de tarefas;
  • Medo ou Ansiedade excessiva;
  • Expressão Verbal de preocupação ou medos exagerados;
  • Expressões Observáveis de Compulsões;
  • Necessidade de Confirmação Verbal constante;
  • Comportamentos repetitivos.

Como é feito o Diagnóstico do TOC na Adolescência?

É feito por um profissional da Saúde Mental, isto é, um Psiquiatra ou Psicólogo Especialista em TOC. De início, há uma avaliação clínica detalhada com o adolescente e, em alguns casos, com a sua família.

Logo após, inicia-se uma investigação mais aprofundada do quadro clínico. A partir disso, definiremos o Plano de Tratamento mais adequado de acordo com a avaliação do paciente.

TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik
TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik

Qual é o papel da Ansiedade e do Estresse na Intensificação dos Sintomas do TOC na Adolescência?

 Por ser um Transtorno de Ansiedade o TOC na Adolescência tende a ser agravado por situações que elevem os níveis de Ansiedade e Estresse.

É esperado que neste contexto haja uma piora dos sintomas já existentes, incluindo uma resposta exagerada a desafios do dia a dia e um aumento na frequência das Obsessões e Compulsões.

Leia este artigo sobre: Como Funciona a Ansiedade na Adolescência?

Quais as Consequências de Não Tratar o TOC na Adolescência?

A falta de tratamento especializado pode comprometer de diversas formas a depender da história de vida e intensidade dos sintomas em cada paciente. Conheça algumas possíveis implicações:

  • Desenvolvimento de outros Transtornos Psicológicos e de Ansiedade, como Depressão, TAG;
  • Prejuízo nos Relacionamentos ou Isolamento Social;
  • Dificuldade de Concentração;
  • Queda no Desempenho Acadêmico;
  • Vulnerabilidade Emocional;
  • Diminuição da Qualidade de Vida como um todo;
  • Agravamento dos Sintomas do TOC na Fase Adulta.

Quais os Impactos do TOC na vida do Adolescente?

Conheça impactos comuns do TOC na Adolescência:

  • Sentimento de Inadequação;
  • Baixa autoestima e Insegurança;
  • Dificuldade na Tomada de Decisões e Resolução de Problemas;
  • Dificuldade para lidar com Incerteza;
  • Baixa Tolerância ao Estresse e Ansiedade;
  • Prejuízo no Funcionamento Diário;
  • Atraso do Desenvolvimento de Habilidades para a Vida;
  • Baixa Capacidade de Adaptação.
TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik
TOC na Adolescência – Descubra o que é, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento Foto: Freepik

Quais estratégias os Pais podem adotar para Apoiar um Adolescente com TOC?

Estas 6 estratégias tem a função apoiar o Tratamento. Você tem adotado alguma delas?

  1. Entenda o Funcionamento do TOC. Saber como o Transtorno se comporta ajude muito.
  2. Estabeleça uma rotina estruturada e previsível para dar segurança;
  3. Evite Julgamentos e favoreça uma Comunicação Aberta;
  4. Encoraje a enfrentar os seus medos devagar e pedir ajuda quando necessitar;
  5. Mantenha um Monitoramento Sensível às Necessidades Emocionais;
  6. Cultive Expectativas Realistas.

Qual é o Tratamento para TOC na Adolescência?

 A Terapia Cognitivo Comportamental – TCC é um método de tratamento considerado padrão ouro para TOC. Isso porque sua eficácia é baseada em evidências científicas, o que garante segurança ao paciente.

Benefícios do Tratamento

Os resultados do tratamento são inúmeros, vale destacar:

  • Redução de Sintomas Obsessivos e Compulsivos;
  • Técnicas para Gerenciamento da Ansiedade;
  • Habilidades de Enfrentamento Gradual;
  • Estratégias de Regulação Emocional;
  • Aprender a Reconhecer os Gatilhos;
  • Aprender a Manejar a Resposta Emocional aos Gatilhos;
  • Minimizar Comportamentos de Evitação;
  • Estratégias para Diminuir os Comportamentos Compulsivos;
  • Maior Autonomia e Segurança.

Especialista Explica Todas as Fases do Tratamento do TOC

Desta forma, há muitos benefícios em buscar um Psicólogo Especialista em TOC para conduzir o melhor tratamento para casos de TOC na Adolescência.

A escolha de tratamento adequada na adolescência pode mudar completamente a fase adulta. Se você precisa deste suporte para seu filho(a) entre em contato para agendar uma consulta de avaliação.

Psicóloga Fabíola Luciano – CRP 104468

Especialista pela Universidade de São Paulo – USP

Conheça a Psicóloga Fabíola Luciano

Assista a Entrevista na Globo Play sobre Relação de Pais e Fihos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Conheça as Principais Características, Possíveis Causas e Sintomas do Transtorno de Personalidade Antissocial.   O que é Transtorno de Personalidade

Neste episódio do “Saí de Casa”, as apresentadoras Luisa Accorsi e Manu Carvalho colocaram o Sexo em pauta e convidaram

Aqui você terá o entendimento de como funciona o Borderline Tratamento, além de informações relevantes para a compreensão do Transtorno