Transtorno de Ansiedade Generalizada

Transtorno de Ansiedade Generalizada – TAG / Psicóloga Fabíola Luciano

O que é Ansiedade?

A ansiedade pode ser reconhecida por um sentimento desagradável de medo, apreensão,  tensão ou desconforto que surge quando antecipamos algum perigo, ou situação desconhecida. A Ansiedade é normal no desenvolvimento das pessoas, sem ela estaríamos expostos aos perigos e não teríamos as reações necessárias para sobrevivência. É um sinal de alerta que nos torna atentos e cautelosos de forma que possamos antever os acontecimentos e emitir um comportamento que nos ajude a enfrentar. Assim, a Ansiedade permite nos prepararmos para aquela entrevista no emprego dos sonhos, para o vestibular, na busca da coragem de iniciar ou terminar algo e etc.

Porém, quando a  ansiedade é muito alta  o dia a dia se torna bem incômodo e toda a contribuição que ela poderia trazer passa a ficar prejudicada devido ao excesso da Ansiedade, como acontece com quem sofre com crises de ansiedade e não consegue estudar para o vestibular, ou trava na entrevista de emprego e assim por diante.
A ansiedade excessiva passa a ser considerada patológica quando causa danos ao bem- estar, performance e desempenho das pessoas, as paralisando e impossibilitando de se preparar e encarar situações, como é o caso dos pacientes que possuem o Transtorno de Ansiedade Generalizada.

Entenda o que são Transtornos de Ansiedade

O que é Transtorno de Ansiedade Generalizada?

O Transtorno de Ansiedade Generalizada é um dos Transtornos de Ansiedade, caracterizado por excesso de preocupações e ansiedade com situações cotidianas por mais simples que sejam. Pacientes com o Transtorno de Ansiedade Generalizada TAG não conseguem encarar com naturalidade os acontecimentos da vida, pois eles mantém seus pensamentos fixados no assunto desencadeador de ansiedade sem conseguir se desligar, se sentindo mais preocupadas, ansiosas e receosas do que as pessoas que não possuem o transtorno.

Transtorno Ansiedade Generalizada Crianças

Transtorno de Ansiedade Generalizada na Infância, pode acontecer?

Sim, crianças podem apresentar o transtorno.

Crianças com transtorno de ansiedade generalizada geralmente  são tensas, inseguras e excessivamente sensíveis a quaisquer situações provocadoras de ansiedade. Podem apresentar medos excessivos, preocupações ou sentimentos exagerados e irracionais a respeito de situações cotidianas, além de muito preocupadas com o julgamento das pessoas a respeito do seu desempenho.

Quando os pais percebem excesso de ansiedade já na infância, o ideal é procurar o acompanhamento psicológico infantil para que logo cedo os sintomas sejam minimizados e o problema não se potencialize nas próximas fases do desenvolvimento.

Leia mais sobre o Atendimento Psicológico para Crianças

Causas  Transtorno de Ansiedade Generalizada

As causas ainda não são claras para a medicina, mas a genética é um fator considerado. Também considera-se fatores externos e ambientais como: Abusos, Traumas de infância, Bullying, Divórcio, Morte de alguém próximo ou Desemprego; esses são eventos que podem trazer a tona o transtorno.

Pessoas muito tímidas, impacientes, com temperamento irritadiço, dores crônicas e tristeza frequente, tem maior risco de desenvolver o Transtorno de Ansiedade Generalizada TAG. Alguns estudos mostram que a atividade cerebral dos pacientes com Transtorno de Ansiedade Generalizada TAG, apresentam desequilíbrio considerável na quantidade de serotonina e noradrenalina, e também, hiperatividade em áreas relacionadas ao comportamento e controle de emoções.

Transtorno de Ansiedade Generalizada Psicóloga Especialista

Sintomas Transtorno de Ansiedade Generalizada

  • Preocupação excessiva e constante com qualquer tipo de questão, situação;
  • Medo e negatividade;
  • Nervosismo persistente;
  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Antecipação de situações negativas;
  • Desconforto gástrico;
  • Inquietação;
  • Tensão muscular;
  • Tensão constante;
  • Dificuldade de concentração;
  • Insônia,
  • Irritabilidade e fadiga;
  • Medo excessivo de receber críticas, julgamentos ou humilhação
  • Ansiedade persistente por pelo menos 6 meses.

Transtorno de Ansiedade Generalizada Sintomas

Quem é o paciente com Transtorno de Ansiedade Generalizada TAG?

Os pacientes com transtorno de ansiedade generalizada podem se sentir mais irritados devido a quantidade de pensamentos e possibilidades que percorrem sua cabeça. Podem apresentar sintomas físicos, psicológicos, além de problemas de concentração e de sono. O transtorno de ansiedade generalizada acaba prejudicando muito a qualidade de vida do paciente que se mantém sempre em alerta para as situações do cotidiano, demandando muito mais energia e consequentemente os levando a um cansaço mental muito grande.

Para um portador do Transtorno de Ansiedade Generalizada qualquer situação pode virar um grande problema, mesmo que este problema não seja real na experiência concreta, torna-se real em seus pensamentos, aumentando o nível de ansiedade e tensão.

Mulheres com TAG apresentam uma piora dos sintomas em período menstrual, e uma grande parte dos pacientes de ambos os sexos apresentam algum outro transtorno ao longo da vida.

Teste para Transtorno de Ansiedade Generalizada

Diagnóstico Transtorno de Ansiedade Generalizada

De acordo com o DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), os sintomas são diversos e podem modificar-se conforme a evolução do transtorno, contudo, a preocupação excessiva é o principal fator para o diagnóstico. Desta forma o diagnóstico irá avaliar a diferença entre uma ansiedade normal do TAG.

O diagnóstico do transtorno de Ansiedade Generalizada TAG é  totalmente clínico, realizado baseado nos sintomas apresentados, não havendo nenhum exame que detecte o problema.  Para ser realizado o diagnóstico de Transtorno de Ansiedade Generalizada o paciente deve apresentar os sintomas por pelo menos seis meses, causando desconforto significativo e prejuízos na área social, profissional ou em outras áreas importantes de sua vida.

Transtorno de Ansiedade Generalizada Psicólogo Especialista TAG

Transtorno de Ansiedade Generalizada Tratamento

O  Transtorno de Ansiedade Generalizada tratamento deve ser realizado por um Psiquiatra, se for o caso de intervenção medicamentosa, e por um Psicólogo Especializado Transtorno de Ansiedade Generalizada.

Medicamentos

Geralmente são utilizados antidepressivos que inibem a recaptação de serotonina e também de noradrenalina ou quando há um período de crises de ansiedade aguda são utilizados benzodiazepínicos com o objetivo de conter os sintomas da crise, contudo, somente o psiquiatra poderá prescrever de acordo com o caso de cada paciente. O uso de medicamentos deve ser continuado e não pode ser abandonado sem o desmame e orientação do Psiquiatra.

Terapia Cognitivo Comportamental para  Transtorno de Ansiedade Generalizada

A Psicoterapia é a base principal do Transtorno de Ansiedade Generalizada Tratamento, isto porque os medicamentos irão ajudar a minimizar os sintomas, mas somente a terapia irá ajudar o paciente a mudar sua forma de lidar com a sua ansiedade e responder aos acontecimentos.

Tratamento Transtorno Ansiedade Generalizada

A terapia Cognitivo Comportamental tem sido apontada nas pesquisas científicas como uma das melhores abordagens para TAG, ajudando o paciente a ter um melhor prognóstico. Assim, no consultório temos como objetivo da conduta terapêutica junto ao paciente:

  1. Compreender como ativa sua Ansiedade
  2. Habilidades de Assertividade
  3. Aumento da capacidade de racionalização
  4. Responder proporcionalmente ao evento
  5. Gerenciamento de Ansiedade
  6. Técnicas de Exposição e Prevenção de Resposta
  7. Desenvolvimento de Repertório para situações Ansiogênicas
  8. Formulação de Estratégias para diminuição da Ansiedade

Até a remissão dos sintomas o tratamento psicológico para Transtorno de Ansiedade Generalizada é realizado uma vez por semana, posteriormente será avaliada a melhor conduta para cada paciente.

Conheça a Psicóloga Fabíola Luciano

 

Psicóloga Fabíola Luciano – CRP 104468

Especialista pela Universidade de São Paulo – USP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *