• psicologa-diabetes-infantil-tratamento

Recebendo o Diagnóstico de diabetes infantil:

Para os pais, receber o diagnóstico da diabetes infantil pode ser bastante complexo, muitas vezes não estamos preparados para lidar com isso e a situação acaba ficando ainda mais pesada.

O diagnóstico de diabetes infantil traz consigo uma série de novas regras que obrigam a família a rever seu cotidiano e rotina, se adaptando à novos horários e novos hábitos, especialmente no que tange à alimentação e administração da medicação ( se for o caso).  Por mais difícil que seja, acredite, o diagnóstico precoce é a melhor forma de controlar a doença.

Se você já passou pela fase inicial de diagnóstico, vamos para a próxima fase: Entender e Aprender a lidar com a nova realidade.

diabetes infantil

O que muda quando meu filho é portador de Diabetes Infantil?

Isso varia de acordo com o tipo de Diabetes Infantil diagnosticada. De forma geral, seguem abaixo algumas mudanças importantes:

  • Controle da Alimentação
  • Controle com os Horários e fracionamento da Alimentação
  • Monitoramento da Glicemia
  • Prática de Esportes (Sempre mediante controle da Glicemia)
  • Administração da Insulina (Se houver indicação médica)

 

Como explicar a Diabetes Infantil para o meu filho?

  1. |Não aumente o problema. A maneira como os pais dimensionam a doença e os cuidados para seus filhos faz toda a diferença na maneira como estes podem receber e assimilar a informação.
  2. Apoio Familiar. Nunca é fácil explicar para uma criança que ela não pode mais comer doces ou determinados alimentos que a maioria das crianças pode comer à vontade, por isso o apoio da família é extremamente importante para ajudar a criança a se fortalecer e começar a compreender as mudanças. O ideal é que os pais transmitam a necessidade do cuidado e também das restrições, mas que isso não seja entendido pela criança como um fator limitante.
  3. Parceria e Compreensão. É importante correlacionar o controle da alimentação às consequências positivas que este traz para a saúde, tanto quanto é necessário escovar os dentes, dormir e tantas outras atividades que realizamos diariamente. Crie uma parceria com seu filho, de modo que ele sinta-se amparado em sua dificuldade…
  4. Tenha paciência. Mesmo que saibamos a importância de escovar os dentes, tem dias em que podemos estar com mais preguiça ou sem tanta disposição para fazer o que precisa ser feito, não é mesmo? Se pra gente que é adulto, funciona assim, imagine todas essas regras na cabecinha de uma criança.                                                       Com a diabetes infantil acontece exatamente assim… Apesar de saber a importância do controle alimentar vão haver dias difíceis e que a vontade do seu pequeno será muito grande. Esses dias acontecerão e faz parte do processo, explique isso a ele e disponha-se a ajudá-lo a passar por estes momentos, que surgirão inevitavelmente.
  5. Em geral as crianças não conseguem mensurar a proporção do que esse diagnóstico significa, mas podem se sentir “diferentes” ou injustiçadas, ajude-a a entender de maneira mais positiva e superar isso.

tratamento diabetes infantil Fabiola Luciano

Orientações aos Pais na Diabetes Infantil

  • Explique todas das regras e a importância de segui-las
  • Mostre que você também segue regras, mesmo quando não gosta. Seja Exemplo!
  • Acolha a dor de seu filho, mas não incentive um padrão de vitimização, a Diabetes é uma doença crônica e ele precisará conviver com ela.
  • Incentive o enfrentamento da doença, lidar com limitações não é fácil, mas aborde isso através de uma perspectiva mais otimista e menos derrotista.
  • Dê colo durante as eventuais crises. É dolorido ir a uma festa de aniversário e não poder comer livremente como todos os amigos, vão haver dias cansativos e seu filho precisará de seu apoio.
  • Ajude – o a não se sentir injustiçado, punido ou diferente das outras crianças.

 

Psicólogo para Orientação na Diabetes Infantil

Num primeiro momento, cabe aos pais dar este suporte na aceitação do diagnóstico e também no estabelecimento e cumprimento das regras no controle da diabetes infantil.

Se for necessário, procure apoio psicológico especializado. É natural que os pais se sintam um pouco perdidos, sobrecarregados ou sem saber até onde devem ir com tantas regras e restrições, tudo isso pode gerar culpa e até mesmo abrir espaço para algumas compensações que, apesar de aliviarem a culpa momentaneamente, podem ser perigosas para as crianças.

O Psicólogo  já tem manejo para lidar com estas situações na Diabetes Infantil e irá te ajudar a encontrar a melhor forma para orientar e conduzir o processo de controle junto ao seu pequeno grande amor.

http://psicologafabiola.com.br/atendimento-psicologo-para-criancas/

Psicóloga Fabíola Luciano

Especialista pela USP.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *