• dicas-tdah-psicologa-fabiola

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é caracterizado por três sintomas básicos: Desatenção, Impulsividade e Hiperatividade Física e Mental. Para a família e cuidadores as vezes é difícil aprender a lidar com o funcionamento destas crianças, principalmente para pais que tiveram outros filhos sem TDAH e tentam aplicar as mesmas “regras” sem sucesso.

Abaixo estão algumas dicas para lidar com situações do dia a dia e torná – las mais simples.

1- Comunique Informações Importantes

Coloque lembretes orientando sobre a tarefa que deve ser realizada em lugar visível e estratégico ( Próximo ao que deve ser feito)

2- Aumente a frequência dos Feedbacks

Ele (a) fez algo que deveria ter feito? Sinalize e incentive. Ele não fez algo que deveria ter feito? Sinalize e oriente.

Crianças e adolescentes com TDAH tem uma necessidade maior de retorno sobre o comportamento que emitem.

3- Use retorno imediato

Corrija ou parabenize imediatamente após um comportamento para que a mensagem fique clara e não seja esquecida com a passagem do tempo.

4- Reduza os tempos de espera

Para eles é especialmente difícil e entediante esperar por muito tempo, sempre que possível, reduza ao mínimo situações precisem esperar demais.

5- Não cobre resultados, Cobre Empenho

Ele (a) pode ter tentado muito e ainda assim não conseguir o resultado esperado. Reconheça o seu esforço! Isso o(a) ajudará a se manter motivado para continuar se esforçando.

6- Intercale atividades que exijam muita Atenção

Atividades como estudar e fazer o dever de casa exigem muita concentração e atenção, por isso são especialmente cansativas para eles. Intercale atividades prazerosas com este tipo de tarefa que demande atenção prolongada.

7- Aprenda a reavaliar suas expectativas

Quanto você exige? Que tipos de resultados está esperando? Quais padrões a sua criança deveria atender? Esse é um treino também para você, pai ou responsável.

Amplie sua compreensão e diminua suas expectativas. Cobrar faz parte da função de cuidar, mas aprenda a enxergar e respeitar os limites de seu filho(a) construindo uma relação saudável.

 

Estas são algumas regras simples, sabemos que o dia a dia é mais complexo. Se precisar de orientação, entre em contato e agende uma consulta, o acompanhamento psicológico para as crianças com TDAH auxilia muito no desenvolvimento e facilita a rotina em casa e na escola.

 

Fabíola Luciano – CRP 104468
Psicóloga especialista pela USP

6 Respostas para 7 Dicas Para lidar com Crianças com TDAH
  1. ADELAIDE ANDREJEZESKI MONDEL 22 de maio de 2016 at 20:55 Responder

    Obrigada por compartilhar conosco o lado da teoria o que vivenciamos todos os dias na prática. Precisamos de mais pessoas para compartilhar para nós é muito importante!

    • Psicóloga Fabiola

      Olá Adelaide!
      Muito Obrigada pelo seu retorno. Poder contribuir compartilhando conhecimento é um prazer imenso para mim.
      Fico muito feliz por poder ajudar! Em breve publicarei novos artigos, caso tenha alguma dificuldade específica fique a vontade para sugerir um tema!
      Um beijo grande!

  2. Boa tarde, Fabiola! Sou mãe de um menino lindo, de 3 anos, autista nível leve, acredito que todas as suas dicas são úteis para nossa rotina também. Obrigada!

    • Psicóloga Fabíola Luciano

      Olá Daiane, boa tarde!
      Obrigada pela sua visita ao site!
      Ahh, então você tem um gatinho, que delícia! Espero ter contribuído através do artigo para um melhor funcionamento do dia a dia de vocês.
      E sim, com certeza, são mesmo dicas muito úteis também para a rotina de pais de Autistas. Todo conhecimento agrega na educação dos pequenos. 😉

      Um grande beijo!


[top]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *